Partilhas

Este blogue pretende ser uma partilha do tradutor/editor dos livros Abrindo as Portas que há Em Nós e de Escolhendo Amar com os leitores a quem,
em especial a leitura do primeiro, possa ter modificado as suas vidas, e com quem sinta necessidade de encontrar segurança, paz e harmonia na sua vida;
e também sobre como o segundo livro nos pode ajudar a erradicar os medos das nossas vidas ensinando-nos a amar verdadeiramente...

Nota: Os textos apresentados neste blogue são da responsabilidade do Editor e não dos Autores dos livros aqui divulgados,
excepto quando se trata de citações reproduzidas entre aspas com a devida menção autoral.

Informação: Tratando-se a obra Abrindo as Portas que há Em Nós dum livro de meditações quotidianas,
o editor/tradutor
adverte que os conceitos holísticos aqui apresentados não estão condicionados a nenhuma religião em particular.

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish
Download this Cross-Cultural Communication Tool from Get International Clients

25.9.11

Este livro modificou a minha vida


APEN - Abrindo as Portas que há Em Nós

Há livros que têm a capacidade de alterar a vida das pessoas. Alguns porque possuem uma mensagem muito forte, muito interessante, muito apelativa, muito bela ou porque se coadunam com as nossas ideias, outros, porém, têm o condão de nos influenciar pela sua própria energia.
Este é um desses livros que possui uma miraculosa energia própria, que nos concede paz e tranquilidade apenas por segurarmos nele com as nossas mãos!
Parece difícil de acreditar? Talvez... só quem já passou por essa experiência consegue entender isso. Quem não entende o que estou a contar aqui terá a oportunidade de poder fazer essa experiência por si mesmo...


Como este livro de luz chegou às minhas mãos:


Existem épocas conturbadas na vida de cada um de nós. Quase todos já passámos por uma, ou mais, e eu passei por uma dessas fases, também. Estava desesperado, desempregado, e apesar de ter um bom subsídio a angústia e a ansiedade batiam à porta de vez em quando ou continuamente. A depressão espreitava e as trevas assustavam com a sua presença quase permanente.
Solução: solicitar a ajuda médica dum psiquiatra. Lá consegui uma consulta. O médico era conhecidíssimo. Para quem gosta de vedetismo era um rótulo maravilhoso, mas não foi isso que me aconteceu! Ainda me senti pior e a medicação não ajudou a levantar o meu ânimo. Pelo contrário, queria fugir ainda mais de mim e dos outros... e tive essa oportunidade, "fugi" de Portugal até um recanto de França que hoje considero uma parte do paraíso na Terra. Foram 2 dias de viagem e exactamente 2.000 km de carro, até encontrar um casal amigo, ele psicólogo português, e ela parapsicóloga chilena.
Foi o meu amigo, a quem estou eternamente grato, que me  colocou o livro na mão, em francês, na primeira noite em que cheguei junto deles. Graciosamente, disponibilizou o seu apartamento unicamente para mim, durante o tempo de que eu precisasse de lá ficar! Nessa mesma noite comecei a ler o livro, nunca mais parei. Aliás, só "podia" ler uma página/mensagem por dia. 
No dia seguinte acordei sem fazer a menor ideia donde estava, pois havia chegado já de noite, no dia anterior. A beleza do local era deslumbrante: um lago no meio do verde, com montanhas na margem oposta.
Lac d'Annecy: Beau Rivage

Excelente terapia, começava bem. Sem médico e sem fármacos (remédios químicos). Fui ficando. Fui passeando pelos Alpes, fui lendo e conversando de vez em quando com os meus amigos. Também descobri que podia conversar com Deus. Nunca houve um diálogo tradicional como se possa estar à espera. Era mais do tipo: eu falava e Ele mostrava-me as coisas, nem sempre na mesma hora! Acredito, e tenho a certeza, que ninguém vai precisar de ler o livro em francês nem ter que conversar em espanhol para poder aprender o mesmo que eu aprendi.

Annecy: Palais de l'Isle
Também não precisará de passar por Annecy, mas se o puder fazer irá compreender como vale bem a pena visitar a região. Cidade acolhedora de aspecto medieval, com muita Natureza ao seu redor.
As ideias de que a vida não valia a pena ser vivida, e que não tinha significado que a justificasse foram desaparecendo gradualmente. Claro que tudo contribuiu, mas as mensagens que se encontravam no livrinho foram essenciais. Elas ensinaram-me que dentro de nós há algo poderosíssimo que a maioria de nós desconhece, e como tal não faz uso dessa ferramenta, a vida torna-se então difícil e, muitas vezes, vazia. É uma pena o tempo que perdemos com lamúrias e lamentações de que tudo vai mal na nossa vida. O poder de mudá-la está, quase sempre, a um movimento de estalar de dedos e de redireccionarmos os nossos pensamentos.
Parece magia! É isso que está a pensar! Não é? 
Parece, mas não é.
A vida começa a fazer mais sentido, parece que o Sol sai de trás das nuvens e começa a resplandecer sobre nós. Mas, que ninguém pense que miraculosamente tudo se renova dum dia para o outro, não. A sementeira leva algum tempo e a colheita começa a vislumbrar-se somente algum tempo depois. Claro, pelo meio surgem tempestades, mas o abrigo já está connosco, e as alfaias (ferramentas agrícolas) para uma nova sementeira já estão a postos em caso de emergência.
Espero que tenham a mesma oportunidade de encontrar ou reencontrar a tranquilidade perdida nas páginas deste livro.

Desejo-vos uma boa leitura, uma boa "viagem" em conforto e segurança. Folheie com os dedos, viaje com o espírito.

João Galizes

Sem comentários:

Enviar um comentário